Tarsila do Amaral: a mãe do modernismo brasileiro

A educação de Tarsila como artista desdobrou-se com frequentes viagens transatlânticas de São Paulo, onde foi criada na grande fazenda de café de sua família fora da cidade, para a cosmopolita Paris.

A ânsia de viajar marcou seu retorno ao Brasil no final de 1923, a primeira a experimentarcarnaval no Rio de Janeiro seguido de viagens às cidades históricas coloniais no estado de Minas Gerais. A precisão linear característica de Tarsila, cores ousadas e contornos rudimentares se fundem nas paisagens vibrantes que retratam os residentes locais entre a fauna e a flora nativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *