É hoje! Vasco vai à Argentina enfrentar o Racing pela Libertadores

Chegou a hora. Nesta noite, às 19h15 de Brasília, o Vasco enfrenta o forte Racing pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores no estádio El Cilindro, precisando no mínimo de um empate, e sabe que não pode cometer erros se quiser a classificação às oitavas.

Zé Ricardo havia feito uma boa arrancada em 2016. Foi campeão carioca invicto em 2017. Mesmo assim, antes mesmo de chegar no meio do Brasileirão, não aguentou a pressão e foi demitido do Flamengo. Muito por conta da eliminação na Libertadores, nos últimos minutos contra o San Lorenzo, na última vez em que esteve na ArgentinaAgora, pelo Vasco, retorna ao país nesta noite para exorcizar os fantasmas que ainda o cercam no cenário internacional.

A situação atual não é a mesma, mas parecida. Zé tem prestígio na Colina por conta da boa arrancada no Brasileirão passado e do vice-campeonato estadual. No Vasco, no entanto, a pressão para classificar às oitavas é menor. O investimento no elenco não foi dos maiores e ficar em terceiro no ‘grupo da morte’ não é considerado um mau resultado – já que ganha uma vaga na Sul-Americana.

Além de ter más lembranças do país, Zé tem outro tabu para quebrar internacionalmente. Pelo Flamengo, perdeu as duas partidas que disputou. Nesta edição, ainda não viu sua equipe marcar gols na fase de grupos. Uma derrota, além de complicar na pontuação, pode abaixar o ânimo do grupo.

– Vejo todos no mesmo nível. São 11 contra 11. O Vasco tem de respeitar o Racing. O Racing tem de respeitar o Vasco. Vamos encarar como se fosse o último jogo das nossas vidas. O Vasco é grande. Vamos brigar por coisas grandes nos campeonatos que temos – afirma Wellington, um dos xodós do treinador.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *